2em-space-c

Mercado da beleza: Cenário e desafios!


Ocupando a quarta posição no ranking mundial, o Brasil possui um mercado de beleza promissor, segundo dados levantados pelo Euromonitor em 2019. É interessante pensar, que mesmo hoje em um cenário pós pandêmico, onde a rotina dos brasileiros vai retomando a normalidade, o mercado não se desestabilizou. Pelo contrário, conseguiu
enfrentar a crescente inflação.

O comportamento na internet influenciou diretamente e movimentou esse mercado. Afinal, com as pessoas em casa, a rotina pelos cuidados de pele e o autocuidado, em geral, fez com que tenha obtido um resultado positivo para pessoas que decidiram entrar com tudo nesse universo da beleza.

Mercado da beleza no Brasil


Dentre todos os setores da economia brasileira, em 2018 com a crise, o mercado da beleza teve sua recuperação mais rápida, obtendo 24,5% das vendas no varejo. Já durante a pandemia, as pessoas tiveram que utilizar a internet para saciar seus desejos estéticos. Assim, obteve um crescimento de 68% e a tendência é que pelo comodismo, as pessoas
tendem a procurar os produtos através do comércio virtual.

Seja em produtos estéticos ou serviços estéticos como: Massagem, micropigmentação, designer de sobrancelhas, etc. O brasileiro tende a valorizar o serviço em prol da sua autoestima.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto GfK, da Alemanha, os brasileiros estão entre os mais vaidosos do mundo, ficando atrás apenas da Itália. No estudo, foi constatado que as mulheres passam 5,3 horas semanais se cuidando, enquanto os homens demoram 3,5 horas.

Assim, o Brasil consegue se destacar e se manter firme no setor, graças à vaidade da
população.

O mercado da beleza está saturado?


Apesar da crescente no mercado, o consumidor está mais modesto, exigente e bem informado. Profissionais que se acomodam em números atrativos, podem acabar ficando para trás. As pessoas começam a se preocupar mais com o que está mais barato, por conta da economia, e com isso fazem suas próprias pesquisas.

Futuramente, se é que já não estamos no futuro, a desvalorização da moeda, a dificuldade das empresas no repasse de custos e a concorrência cada vez mais acirrada, vai começar a desacelerar esse crescimento. Por isso, o ambiente encontra-se mais competitivo, então é necessário se destacar!

Tenha um diferencial, vá além para se destacar!


O mercado cresce e isso é fato, a procura existe e isso também é um fato, mas como se destacar em meio a tantas opções? Quem trabalha em salões de beleza sabe que isso é um desafio e vai além de diversificar.


É preciso se reinventar em um cenário que demonstra tanta procura. Para isso é preciso:

  • Se especializar em cursos atuais com técnicas inovadoras;
  • Criar um conceito em cima de um propósito forte;
  • Se posicionar e oferecer uma experiência diferenciada para os clientes: “O que grandes marcas têm feito no mercado da beleza?”
  • Ter uma identidade só tua!
  • Capacitar sua equipe e aprimorar o atendimento.

Novos conceitos estão surgindo devido à mudança de comportamento e mentalidade. O consumidor prioriza quem é sustentável e inclusivo antes de priorizarem preço e qualidade.

Empresas e profissionais que se preocupam e se atualizam tem forte potencial para explorar o mercado da beleza no Brasil.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Inscreva-se e receba novidades em primeira mão!